Das mães preocupadas com o processo criativo dos filhos

Ontem eu estava lá em casa, sentada no sofá enquanto tomava café. Descansando, como gosto de fazer. Aproveitei para observar o pinheirinho que minha mãe montou durante a tarde. Ele ainda estava sem enfeites. Era um simples pinheiro de mentira, feio e triste. Quando minha mãe percebeu que eu olhava a árvore, aproximou-se rapidamente e começou a pendurar os enfeites coloridos. Disse:

– Não quero saber de tu fazendo contos sobre esse pinheiro sem enfeites.

 

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Repórter distraída

5 Respostas para “Das mães preocupadas com o processo criativo dos filhos

  1. Jéssica Michels

    hahahaha…
    o título ficou fantástico…

  2. Nem funcionou né? heheheh
    BeeijO!

  3. Lendo o teu artigo sobre andar de ônibus, espero que logo tenhas uma carro, pois você merece!
    Moça bonita, neta da vovó!

  4. Bosco

    Coitado do pinheirinho feio da sua mãe. Ei, minha vó também é Olga! E ela nunca comentou nada meu…

  5. acho que você não correspondeu ao pedido dela.
    rs

    que bom que voltou a escrever.
    gostei de conhecer esse novo lugar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s