Gritar é um revólver

Acordei de madrugada sem conseguir respirar. Um grito estava empedrado na minha garganta. Com os olhos molhados e a boca muda em desespero, apertei meu pescoço para tentar arrancar aquilo à força. Então lembrei: quanto mais eu me estrebuchar, pior… já fora assim da outra vez. Gritos não são como espinha, como espirro e muito menos como uma ideia.

Assim que parei de me mexer, um fiozinho de oxigênio enfiou-se para dentro da minha garganta. Devagar, meu corpo voltou a respirar e meus olhos conseguiram piscar. Assombrosamente, concluí que o grito se escondera pelo meu corpo.

No terror daquela escuridão, emoldurada por um lençol emaranhado, apalpei devagar os meus ombros e, depois, meu tórax, imaginando em quê veia ou tendão estaria escondido esse grito.

Suada, sentia-me aliviada porque, por enquanto, eu estava a salvo em meu silêncio. Por que eu segurei o grito, no fim das contas? Porque aquele seria só o primeiro.

Grito é como sangue. Grito é como revolta, rebeldia, pensamento: vicia. Grito é a manobra da mão que atinge o rosto. Um grito é como sorrir quando se quer morrer. Gritar é um revólver: mata.

Um grito ecoa pela vizinhança e se mistura aos sonhos das pessoas, adicionando pimenta ao sono. Um grito é quando a minha mãe quebra um prato por querer. Pular da janela é um grito doce. Uma vez uma amiga se escondeu no banheiro do escritório em que trabalhava para chorar. Grito abafado.

O grito corria pelas minhas veias, quem sabe para ser usado contra um rosto macabro de pesadelo. Tremi ao pensar que aquele grito poderia me causar um AVC.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Repórter distraída

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s